Mandando bem na etapa on-line e presencial dos processos seletivos para conquistar a vaga dos sonhos


No artigo anterior, falamos sobre a importância do autoconhecimento para você ter consciência de quem você é e o que está procurando no mundo do trabalho. Agora, compartilharei algumas dicas de como mandar bem na etapa on-line e presencial dos processos de estágio e trainee. Vamos lá?

1. Etapas do processo

Irei mostrar as etapas de um processo seletivo mais comumente realizadas pelas empresas e como você pode passar por cada uma delas.

Etapa On-line

Nesta etapa, nosso objetivo é realizar uma primeira filtrada nos inscritos do processo. Algumas oportunidades chegam a 15, 20 mil inscritos. Muita coisa, né?

Para construir essa análise mais geral implementamos testes de fit cultural, chats interativos, competições de cases, artigos, testes de lógica (particularmente não gosto), preenchimento de dados cadastrais, games e por aí vai. As possibilidades são muitas!

A etapa on-line é importante, pois nos permite avaliar seu nível de fit cultural com o briefing passado pela empresa e examinar se você está qualificado para as vagas.

Dicas importantes:

  • Esteja preparado! Estude a empresa, entenda o que ela procura de fato e, em seguida, aplique o desafio. Algumas pessoas reclamam dos desafios on-line, mas, acreditem: eles conseguem medir o grau de interesse dos participantes.
  • Alguns candidatos se aplicam para vários processos e às vezes usam o mesmo material para diferentes empresas. Em alguns casos, esquecem que o vídeo ficou com o nome da empresa anterior. Sei que dá trabalho, mas tente fazer o vídeo sob medida!
  • Adapte seu desafio ao perfil da empresa. Não existe carta coringa nesses momentos!

Momento bronca:

Não tente levar vantagem nos desafios on-line!

Fiquei sabendo que grupos de Whats e Facebook são formados para facilitar o compartilhamento de prints com gabaritos dos testes de lógica e fit cultural. Isso não vale, hein? Vamos jogar limpo! É o início da sua carreira e você não vai querer falar que começou dessa forma

Etapa presencial

Os processos são muito concorridos, todos nós sabemos. Portanto, se você chegou até aqui, já é um vencedor!

Na fase presencial cada empresa vai ter uma agenda, porém a estrutura básica que você vai encontrar nos presenciais é:

  • Apresentação da empresa e das áreas pelos gestores
  • Apresentação pessoal dos candidatos (Geralmente você tem de 1 a 3 minutos de pitch)
  • Momento mão na massa: dinâmicas, trabalhos em grupo, etc

Na apresentação da empresa e das áreas é bem legal você ficar ligado no perfil da corporação. Assim, pode validar alguns critérios e motivações. Nesta ocasião, em geral, a empresa apresenta salários, benefícios e como vai ser o programa.

Sempre tem espaço para perguntas, caso tenha algo relevante para questionar, não deixe para depois.

Na apresentação pessoal (pitch) você tem o desafio de responder 3 perguntas: Porque eu? Porque agora? Porque aqui?

O mais importante não é a oratória, a não ser que você tenha se candidatado para uma vaga de vendas ou que vai precisar de muita articulação. O objetivo maior neste contexto é entender quais são as suas características mais marcantes. Você terá poucos segundos. Fique atento: no final eles irão lembrar de um fato. O que você quer que eles lembrem?

No momento mão na massa, provavelmente, você trabalhará em equipe. A ideia é saber como você se comporta trabalhando com os outros. É muito importante que você participe bastante e que também dê espaço para as outras pessoas.

Não seja o participante que fala tudo sozinho e também não seja o que menos fala, das duas maneiras você pode chamar atenção negativamente.

Demonstre suas habilidades, encontre o equilíbrio, mantenha um bom nível de energia e engajamento.

Entrevistas

Agora é a hora da verdade!

Neste momento você vai estar frente a frente com o gestor. Pode parecer clichê, mas se você chegou até aqui, saiba que é incrível e tem muita competência!

Já vi muita coisa acontecer em entrevistas, por isso, vou compartilhar 3 casos que podem te ajudar a encarar essa parte.

Estava fazendo o processo seletivo de uma empresa X e depois das entrevistas o gestor falou que não iria contratar uma candidata, visto que ela era muito boa para a vaga.

Dá para acreditar? Pois é! A vaga seria muito pequena para o potencial dela e o gestor ficou com medo de não aproveitar todo o talento da candidata. O desafio dessa história foi falar para ela o motivo da não aprovação.

Me senti aqueles namorados que quando vão anunciar o término dizem que a culpa não é do parceiro. HAHAHA

Uma outra história foi a de um gestor que tinha 2 candidatos muito parecidos. Ele falou: “Olha, tecnicamente até tem um candidato superior, mas o outro vai conseguir se adaptar melhor ao perfil da nossa equipe!”.

A última história foi a de um gestor que queria alguém que fosse o oposto dele. Ele alegou que o time era muito homogêneo e estruturado e que buscava alguém para “incendiar” o setor.

Teria outras 10 histórias que demonstram que não existe gabarito nessas horas. Cada empresa vai usar critérios de seleção diferentes nas entrevistas. Mesmo assim, gostaria de apresentar algumas sugestões para você arrasar:

  • Cuidado com a incoerência. Não dá para mentir desde o currículo até a entrevista, seja verdadeiro!
  • Seja você mesmo. Não invente características!
  • Demonstre paixão, tenha brilho nos olhos, mostre que você tem vontade de crescer. Isso vai ser o diferencial em qualquer entrevista.
  • Nada de vitimismo! Não fique falando mal de outros empregadores, não reclame da falta de oportunidades, mostre sua história e como você foi atrás.
  • Mostre que você conhece a empresa e sabe tudo sobre a área que está aplicando.
  • Não se preocupe com o nervosismo! O gestor sabe que você está nervoso e vai levar isso em consideração.

2. Seja o jovem talento dos sonhos

Vaga dos sonhos Eureca

Enquanto você busca a vaga dos sonhos, certifique-se de estar super preparado para esse momento. Algumas orientações para isso:

  • Peça feedbacks dos recrutadores que organizam os processos que você está participando!
  • Desenvolva-se diariamente! Leia livros e revistas de negócio (HSM Management, Harvard Business Review, Você SA), faça cursos on-line e presenciais, estude, estude, estude…
  • Tenha experiência em movimentos estudantis: AIESEC, Movimento Empresa Júnior, Centro Acadêmico. Participe com garra, deixe seu legado, faça entregas!
  • Conecte-se genuinamente com pessoas, faça amizades verdadeiras!
  • Busque experiências relevantes. Crie um blog para escrever sobre a sua área. Treine algum esporte, escreva músicas e poesias. Tenha histórias para contar!

Cresça todos os dias.

Continue buscando se conhecer e não pare de tentar, de verdade!

Em algum etapa da sua vida, você encontrará a vaga dos sonhos. Espero muito ter ajudado e me coloco a disposição para contribuir no que for preciso.

Um super abraço.


Por Augusto Júnior, Head de Parcerias e Projetos Especiais da Eureca

Comentários

Comentários